top of page
consórcio 980x250.jpg

Livro registra encantamento ambiental de Arceburgo


Beija-flor-tesoura, Eupetomena macroura, fotografado no quintal da casa de Ademir

SILVIO REIS


O ex-secretário de Meio de Ambiente de Arceburgo, Ademir Carosia, desenvolveu entre 2005 e 2012 um projeto para trazer ao município mineiro beija-flores que tinham migrado, em consequência de desmatamento e queimada constantes.


Mais de duas mil plantas, com néctar, de 71 espécies, foram plantadas em cinquenta locais da cidade. Em 2007, uma área de 4.730 m2, usada para descarte de lixo, foi transformada no Bosque dos Pássaros, próximo ao trevo de acesso ao Estado de São Paulo.


Continua após a publicidade


Como consequência dessas e outras ações ambientais, foi registrado em Arceburgo 17 espécies raras de beija-flor, algumas inéditas em Minas Gerais. Também houve retorno da diversidade animal, como pássaros, abelhas e borboletas, em uma área de Mata Atlântica, que é o bioma predominante do município.


Estas e outras conquistas fazem parte do primeiro livro escrito e publicado por Ademir Carosia, Os Jardins dos beija-flores. Lançado em 12.11, no Instituto Histórico e Cultural de Arceburgo, o ambientalista e paisagista homenageou parceiros de trabalho e artistas.


Livro lançado em 12.11, em Arceburgo (Foto: Divulgação )

O autor optou por uma publicação infanto-juvenil para mesclar ficção com fatos reais. Na história, professores levam alunos aos locais que se tornaram jardim de beija-flores. No processo de aprendizagem, crianças fazem perguntas que possibilitam explicações didáticas e ecológicas.


Em uma linguagem simples e objetiva, tem dicas de como atrair beija-flores para alguma localidade e cuidar deles.


O livro tem fotos e ilustrações, com destaque para os 17 beija-flores raros que podem ser vistos no município.


O autor também agradece colaboradores que ajudaram a tornar Arceburgo a terra dos beija-flores.


Fotos:(Imagem destaque capa do livro) Livro lançado em 12.11, em Arceburgo. Foto: Divulgação

- Beija-flor-tesoura, Eupetomena macroura, fotografado no quintal da casa de Ademir

Comments


wtzp.png

Receba notícias do Portal MÍDIA no WhatsApp!

Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI

bottom of page