BANNER---REVISTA-MÍDIA---980-x-250-PX.jp

Sul de Minas avança para "onda verde" do Minas Consciente


Taxa de incidência do coronavírus cai 32% no estado e regiões Oeste, Sul e Leste avançam para onda verde do Minas Consciente

A taxa que mede a incidência do coronavírus em Minas Gerais caiu 32% na última semana, conforme dados levantados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG). A informação foi divulgada nesta quarta-feira (21/10) durante reunião do Comitê Extraordinário Covid-19, grupo de trabalho e enfrentamento à pandemia.


Diante da melhora, e considerando indicadores como taxa de ocupação de leitos e casos por número de habitantes, o grupo autorizou o avanço das macrorregiões de Saúde OesteSul e Leste para a onda verde do Minas Consciente. Poderão ser reabertos estabelecimentos como parques naturais, de diversão, cinemas, teatros e bares com música com ao vivo, desde que sejam seguidas as regras de higiene, distanciamento e lotação máxima. Cautela Já as regiões Triângulo do Norte e Triângulo do Sul apresentaram piora nos indicadores e, para evitar a sobrecarga do sistema de Saúde, o Comitê optou pela regressão para a onda amarela. O secretário de Saúde, o médico Carlos Eduardo Amaral, ressaltou que, apesar de a maioria do território estadual estar em uma condição melhor em relação ao vírus, ainda é preciso ter cuidado para que a doença não volte a ganhar força. “Com uma flexibilização maior da sociedade, com as pessoas podendo sair para trabalhar e conviver mais próximas, é fundamental que se mantenha o distanciamento e a higienização e que se utilize a máscara. É isso que vai garantir que nós, a cada dia, venhamos a progredir para a onda verde e retornar com segurança ao novo normal”, disse.


As macrorregiões OesteSul e Leste apresentaram um quadro controlado da doença após passar 28 dias na onda amarela0, permitindo o avanço para a onda verde, que possibilita a abertura de serviços não essenciais com alto risco de contágio. Sudeste, NoroesteCentro, NorteJequitinhonha e Centro-Sul já estavam na fase mais avançada do plano. Por apresentarem índices controlados, foram mantidas nesta etapa. Veja abaixo as atividades permitidas: - Cinemas, bibliotecas, museus, arquivos; - Parques, zoológicos e jardins; - Atividades artísticas, como produção teatral, musical e de dança e circo; - Feiras, congressos, exposições, filmagens de festas, casas de festas, bufê; - Parques de diversão, discotecas, boliches, sinuca; - Bares com entretenimento (shows e espetáculos); - Serviços de colocação de piercings e tatuagens.


Receba notícias do Portal MÍDIA no WhatsApp!

Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI

wtzp.png
clinimplant1.jpg

©2020 por Portal Mídia Brasil ®

Av. Conde Ribeiro do Valle, 255  - 2º Andar - Sala 8

E-mail: revistamidia@revistamidia.com.br

Tel. (35) 3551-2040 - Guaxupé  MG