BANNER---REVISTA-MÍDIA---980-x-250-PX.jp

Psicóloga guaxupeana Néa Tauil comemora criação do dia do amor-próprio em Porto Alegre



A proposição para criação do Dia Municipal do Amo-Próprio em Porto Alegre, foi feita pela guaxupeana Néa Tauil, psicóloga, psicoterapeuta e presidente do movimento social Família EU: educando para o amor-próprio.


Natural de Guaxupé, ela reside em Porto Alegre e encaminhou a proposta para o vereador Cláudio Conceição (DEM), que apoiou a proposição e criou o projeto de Lei para a criação do Dia Municipal do Amor-Próprio.


A Câmara Municipal de Porto Alegre-RS, aprovou e o Prefeito Nelson Marchezan Júnior sancionou, em janeiro/ 2020, a Lei que inclui o Dia Municipal do Amor-próprio no calendário de Datas Comemorativas e de Conscientização do Município de Porto Alegre/RS.


O Dia Municipal do Amor-próprio será celebrado todos os anos, no dia 28 de fevereiro, e tem como objetivo mostrar os efeitos transformadores desse sentimento, em benefício do bem-estar individual e social, servindo para mostrar também que o autocuidado é um ato de amor pela saúde integral. Ou seja, saúde do eu físico, eu mental, eu emocional, saúde do eu sexualidade, eu nutrição, saúde do eu profissional, eu financeiro, saúde do eu espiritual, eu social, etc., pois os diversos "eus" que compõem a Família EU humana interligam entre si, afetando um ao outro, como a existência interna e externa de cada um de nós, já que somos seres integrados.

Segundo Néa Tauil, o corpo é um só, mas nossa psiquê tem vários “eus”: o mental, o emocional , o profissional, o sexual, o espiritual. Mas nossa cultura segmenta, prioriza uns aspectos, ignora outros, não nos educa para vermos e amarmos a nós mesmos de forma integral.

Para a psicóloga, o Dia do Amor-Próprio será um dia especial para intensificar a promoção de ações voltadas para a conscientização sobre a importância em nutrir e praticar amor-próprio em benefício da saúde integral e para o bem estar individual e social, bem como alertar as pessoas e a sociedade sobre o impacto positivo do amor-próprio, pois para viver bem consigo mesmo e com o próximo ( pessoas, animais, rios, árvores, etc.) a pessoa precisa nutrir e praticar amor-próprio para ser capaz de se amar, aceitar-se, ter consideração por si mesma, valorizar-se, respeitar-se. Lembrando que a ausência de amor-próprio coloca a paz individual e social em risco.


Mais informações acesse o site do movimento social Família EU:educando para o amor-próprio. www.familiaeu.com.br

Receba notícias do Portal MÍDIA no WhatsApp!

Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI

wtzp.png
clinimplant1.jpg

©2020 por Portal Mídia Brasil ®

Av. Conde Ribeiro do Valle, 255  - 2º Andar - Sala 8

E-mail: revistamidia@revistamidia.com.br

Tel. (35) 3551-2040 - Guaxupé  MG