top of page
consórcio 980x250.jpg

Programa "Especialíssimo", da Cooxupé, recebe cafés até dia 30 de setembro para premiação

Programa vai premiar os 50 melhores lotes desta safra, estimulando os cooperados na produção de café especiais


A premiação do programa Especialíssimo da Cooxupé recebe cafés desta safra até o dia 30 de setembro.


Serão selecionados os 50 melhores lotes de cafés especiais dos produtores cooperados, que precisam ter sido depositados e, também, comercializados.


A escolha será feita por meio da maior pontuação do café, da safra deste ano, na área de atuação da cooperativa.


Neste ano, a novidade do programa é a premiação em dinheiro, uma soma total de R$ 330 mil. Assim, todas as categorias também terão o valor de prêmio maior do que em 2020.


Além disso, os cooperados premiados terão a oportunidade de integrar os blends de cafés de edições limitadas e especiais produzidas pela Torrefação Cooxupé.

Como funciona

A Classificação da Cooxupé recebe amostra do café depositado e identifica os lotes com atributos diferenciados. Então, as amostras são encaminhadas à SMC Specialty Coffees para validar as características de café especial e selecionar lotes a partir de 83 pontos.


A avaliação dos lotes é realizada por meio de uma prova cega. Os classificadores analisam atributos do café como acidez, doçura, corpo, balanço e retro gosto, aromas como frutados, enzimáticos, caramelados e florais.

História

O programa Especialíssimo foi criado pela Cooxupé em 2016. O prêmio busca valorizar e incentivar cada vez mais os produtores rurais cooperados que se dedicam a produzir cafés especiais, de melhor qualidade. No entanto, a premiação dos 50 melhores começou 2019.


“A cada ano somos surpreendidos com o crescimento da produção de café de qualidade”, diz o vice-presidente da Cooxupé, Osvaldo Bachião Filho. Ele lembra que, em 2020, por exemplo, o Programa Especialíssimo teve um crescimento de 88% no volume de recebimento de sacas.


“O que deixa evidente o comprometimento dos cooperados em relação aos manejos necessários para a produção deste tipo de café, que agrega maior valor e rentabilidade.”


Quem tiver dúvidas sobre como participar do Especialíssimo da Cooxupé pode consultar um representante do núcleo mais próximo.


O café deve estar depositado na Cooxupé ou na SMC até o dia 30 de setembro deste ano.

Premiação

Cada cooperado poderá concorrer com apenas um lote por matrícula e no caso de empate, o critério de desempate será a fidelidade no depósito de café e a pontuação no questionário de sustentabilidade que é aplicado pelo técnico responsável.


O lote campeão do Programa Especialíssimo leva um prêmio no valor de R$ 50 mil.


Já os segundo e terceiro lugares ganharão R$ 30 mil e R$ 20 mil, respectivamente.


Para o quarto lugar, a premiação é R$ 13 mil; quinto lugar R$ 12 mil; sexto lugar R$ 11 mil; sétimo lugar R$ 10 mil; oitavo lugar R$ 9 mil; nono lugar R$ 8 mil; e décimo lugar R$ 7 mil. Quem ficar entre o 11º e 50º lugares, a premiação será de R$ 4 mil para cada. Além disso, os 10 primeiros finalistas receberão também um troféu de participação.


Como participar do Especialíssimo Cooxupé


Os cooperados devem considerar as amostras reais de depósito e seguirem critérios como:

1- Quantidade mínima de 10 sacas por lote;


2 - Estar com o CAR – Cadastro Ambiental Rural atualizado nos órgãos competentes e na Cooxupé (de todas as propriedades cadastradas na Cooxupé);


3 - Ter fidelidade mínima de 80% na cooperativa (no ano vigente). Para os casos em que a movimentação é em grupo, será considerada a fidelidade do grupo;


4 - Possuir boas práticas na produção e colheita, com no mínimo de 75% de resultado obtido no questionário de Diagnóstico de Sustentabilidade do Cooperado;


5- Outros critérios exclusivos do programa são que o produtor não pode fazer parte da Diretoria ou ser colaborador da Cooxupé.


wtzp.png

Receba notícias do Portal MÍDIA no WhatsApp!

Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI

bottom of page