top of page
consórcio 980x250.jpg

Polícia Federal emite comunicado sobre as prisões relacionadas aos atos antidemocráticos

Foram liberados 599 detidos, em geral idosos, pessoas com problemas de saúde, em situação de rua e mães acompanhados de crianças

(Foto: Fábio Rodrigues Rozzebom/AB)

A Coordenação-Geral de Comunicação Social da Polícia Federal informou que, na data de ontem (9/1), foram conduzidas pela Polícia Militar do Distrito Federal mais de 1.500 pessoas envolvidas nos atos antidemocráticos do último domingo (8/1) para a Academia Nacional de Polícia, em Brasília/DF, após determinação do Supremo Tribunal Federal.


No local, os detidos estão sendo submetidos aos procedimentos de polícia judiciária. Após os trâmites realizados pela Polícia Federal, os presos estão sendo apresentados à Polícia Civil do DF, responsável pelo encaminhamento dos detidos ao Instituto Médico Legal e, posteriormente, ao sistema prisional.


Até o momento, 527 pessoas foram presas. Por questões humanitárias foram liberados 599 detidos, em geral idosos, pessoas com problemas de saúde, em situação de rua e mães acompanhados de crianças.


Os procedimentos estão sendo acompanhados, ininterruptamente, pela Ordem dos Advogados do Brasil, Corpo de Bombeiros, Secretaria de Saúde do DF, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e Defensoria Pública da União.


Todos estão recebendo alimentação regular (café da manhã, almoço, lanche e jantar), hidratação e atendimento médico quando necessário.

Comments


wtzp.png

Receba notícias do Portal MÍDIA no WhatsApp!

Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI

bottom of page