top of page
consórcio 980x250.jpg

Microrregião de Guaxupé avança para a Onda Vermelha a partir desta segunda-feira, dia 12



A partir da próxima segunda-feira, dia 12 de abril, a microrregião de Guaxupé saíra da Onda Roxa, a mais restritiva do programa Minas Consciente, e irá para a onda vermelha.


Vale ressaltar que nesta onda não há a obrigatoriedade de se seguir das diretrizes sugeridas pelo Governo é cada prefeito pode, por Decreto, estabelecer as regras de restrição.


Continua após a publicidade


Compõem a microrregião as cidades de Arceburgo, Cabo Verde, Guaranésia, Guaxupé, Itamoji, Jacuí, Juruaia, Monte Belo, Monte Santo de Minas, Muzambinho, Nova Resende, São Pedro da União, São Sebastião do Paraíso, São Tomás de Aquino, além de Guaxupé.

A secretaria também aprovou, nesta sexta-feira, o avanço de outras quatro microrregiões: João Pinheiro, Unaí e São Sebastião do Paraíso. Elas também poderão avançar para a onda vermelha na próxima segunda-feira.


A decisão foi tomada pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) nesta sexta-feira (9/4), após avaliação de que os indicadores, como taxa de incidência da covid-19 e ocupação de leitos, apresentaram melhora sustentada nas localidades.


O Governo de Minas também vai manter a decisão de avançar a macrorregião de Saúde Triângulo do Sul e as microrregiões de São Gotardo, Montes Claros/Bocaiúva/Francisco Sá/Coração de Jesus e Taiobeiras para a onda vermelha do plano Minas Consciente, a partir da próxima segunda-feira (12/4).

As demais regiões do estado devem seguir, até o dia 18/4, as medidas decretadas na semana passada. Triângulo do Norte permanece na onda vermelha e as outras 12, na roxa.

Na última quarta-feira (7/4), o Comitê Extraordinário Covid-19, grupo que se reúne semanalmente para avaliar a situação da pandemia no estado, indicou o avanço da macrorregião Triângulo do Sul e de três microrregiões, mas a Secretaria de Saúde monitorou a situação para garantir que o cenário positivo se manteria favorável, possibilitando a abertura segura de mais atividades nos municípios.

A Secretaria de Saúde continuará acompanhando os dados para regressão à onda roxa de forma imediata, em caso de necessidade.


Onda vermelha


Nesta fase do Minas Consciente, a onda vermelha permite o funcionamento de todas as atividades, desde que cumpram algumas regras, como distanciamento e limitação máxima de pessoas.


Devido à melhora da incidência e menor pressão por leitos, a macrorregião Triângulo do Norte e a microrregião de Patos de Minas avançaram para essa fase na semana anterior (31/3) e serão mantidas nesta semana, conforme decisão do Comitê Extraordinário Covid-19 na última quarta-feira (7/4).


A macrorregião Triângulo do Sul e as microrregiões de São Gotardo, Montes Claros/Bocaiúva e Taiobeiras também apresentaram melhora nos indicadores e poderão avançar para a onda vermelha. A decisão foi mantida pela Secretaria de Estado de Saúde nesta sexta-feira (9/4).


Todas as outras regiões do estado seguem na onda roxa. A evolução é acompanhada semanalmente pelo Comitê Extraordinário Covid-19.


Publicidade


wtzp.png

Receba notícias do Portal MÍDIA no WhatsApp!

Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI

bottom of page