Mais de 760 pessoas com sintomas da Covid-19 já foram testadas, segundo Prefeitura


Em nota, a Prefeitura informa que tem testado, através de kits rápidos, seguindo as orientações da ANVISA e protocolo médico, pacientes que se enquadram nos sintomas da Covid-19.

A ação tem feito com que a Secretaria Municipal de Saúde chegue o mais próximo do número de casos reais na cidade, evitando subnotificações e conseguindo isolar no tempo correto aquelas pessoas que poderiam estar transitando e contaminando outras. Para poder testar a população, Guaxupé conta com testes rápidos, exames em laboratório local credenciado e FUNED.


De acordo com Dr. Nilo Sérgio, médico responsável pela Unidade de Sentinela de Combate à COVID-19 (PSF Aviação), o aumento da disponibilidade de teste pelo município permite que os dados epidemiológicos de Guaxupé sejam os mais próximos possíveis da realidade de contaminação, reduzindo as subnotificações.


“A Prefeitura fez o investimento necessário na aquisição de testes, além dos que foram recebidos pelo Governo do Estado. Nossa equipe está totalmente preparada e tem realizado um trabalho seguro, dentro de um protocolo que vai desde o atendimento do paciente com sintomas, passando pela triagem até constatar a necessidade de realizar o teste. Isso diminui drasticamente as subnotificações, ou seja, conseguimos ter um número bem próximo do real e mais, temos a possibilidade de isolar estas pessoas em tempo real e através de monitoramento dessas pessoas, acompanhando a evolução da doença em nossa cidade”, explicou.


Para Daniela Bettelli, Secretária Municipal de Saúde, a testagem em massa dá melhores condições de trabalho e uma melhor resolutividade dos casos.


“Podemos observar que na medida em que aumentamos a testagem os números de casos positivos apareceram, saindo da subnotificação. Por outro lado, comprovando a eficácia dos testes e isolamento no tempo correto, percebemos que nestes 90 dias em que estamos enfrentando o vírus em nossa cidade, poucos foram os casos positivos que necessitaram de internação e digo mais, precisaram utilizar de respiradores ou ficar internados em UTI. Na maioria das vezes conseguimos detectar o vírus e o isolamento do paciente é feito na própria residência, com os devidos acompanhamentos médicos”, disse.


Desde o dia 14 de março, quando Guaxupé registrou o primeiro caso suspeito, 761 testes foram realizados até 17 de junho. Confira abaixo os testes já realizados no município:

- FUNED: 71

- Teste Rápido: 586

- Exame em Laboratório local (sorologia): 104


Ainda segundo Dr. Nilo Sérgio, a testagem segue um protocolo e orientações da ANVISA, não sendo disponibilizado para qualquer pessoa: “É preciso apresentar os sintomas gripais e, além disso, o teste só é eficaz, ou seja, realmente irá constatar o vírus no corpo do paciente, 10 dias após o início dos sintomas. Por isso quando recebemos o paciente com os sintomas, fazemos o isolamento e ele retornar ao posto de saúde para a realização do teste no 10º dia de sintoma. É nesse momento que conseguimos constatar o novo coronavírus ou se a pessoa pode ter alta médica. No período de isolamento é preciso que a pessoa tenha responsabilidade e não saia de casa. É importantíssimo que ela cumpra o isolamento para que não transmita para outras pessoas”, concluiu o médico.

Publicidade


Receba notícias do Portal MÍDIA no WhatsApp!

Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI

©2020 por Portal Mídia Brasil ®

Av. Conde Ribeiro do Valle, 255  - 2º Andar - Sala 8

E-mail: revistamidia@revistamidia.com.br

Tel. (35) 3551-2040 - Guaxupé  MG