top of page
consórcio 980x250.jpg

Guaxupé registra 6ºC nesta quarta-feira; veja as mínimas nas cidades da região


Frio chega mais cedo e com risco de geada (Foto: Arquivo)

Em pleno outono, Guaxupé registrou a menor temperatura do ano nesta quarta-feira, 18. Conforme dados do SISMET-Cooxupé, a cidade registrou 6,4ºC. Mas, conforme o Instituto Nacional de Meteorologia do Brasil, a cidade deve registrar mínima de 4ºC entre quinta e sexta-feira.


Continua após a publicidade


Já Nova Resende obteve a menor temperatura da região, 5,4ºC. Cabo Verde (6,9ºC), Monte Santo de Minas e Carmo do Rio Claro (6,5ºC) e São Pedro da União e Campestre (6,7ºC).


Todo esse frio é em decorrência da formação e deslocamento de uma frente fria pelo país, que deverá causar também chuvas fortes em áreas do Mato Grosso do Sul, no sul do Mato Grosso, Goiás e Minas Gerais e em áreas de São Paulo e Rio de Janeiro. As baixas temperaturas devem continuar até o próximo domingo.


GEADA


O INMET não registrou geadas na região até o fechamento desta reportagem.


A geada é um fenômeno causado pela ocorrência de baixas temperaturas e seu efeito nas plantas varia de acordo com a espécie, a sua tolerância ao frio e a fase fenológica que ela se encontra e sua ocorrência resulta, em muitas vezes, em severos prejuízos econômicos principalmente se ocorrem precoce ou tardiamente.


Impacto na agricultura


Com a chegada da onda de frio dessa semana, o INMET reforça o Aviso de atenção para as culturas que poderão ser prejudicadas pela geada, conforme já indicado pela Conab em seu Boletim Semanal.


A previsão de temperaturas baixas e ocorrência de geadas no centrossul do país poderão impactar os cultivos de milho e feijão segunda safra que se encontram em fases fenológicas sensíveis, como também alerta a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), além das hortaliças e das culturas perenes como o café, cana-de-açúcar e frutas.


Outro fator importante é que a queda de temperatura e a maior intensidade de geada podem ocasionar a ocorrência da temperatura letal, ou seja, uma temperatura que promove danos mais graves e irreversíveis às culturas.


Por exemplo, registros de temperaturas nas estações meteorológicas menores que 2°C na fase de florescimento podem comprometer a cultura do milho, enquanto 1°C nesta mesma fase, impacta severamente a cultura do feijão (o feijão é afetado por temperaturas mais altas que essa). Na cultura do café, por ser uma cultura pouco tolerante ao frio, a ocorrência de temperaturas abaixo de 0°C no abrigo podem provocar danos parciais ou totais à planta. Já para a cultura da banana, temperaturas inferiores a 4°C podem ocasionar danos nas folhas e prejudicar os frutos em formação. A ocorrência e intensidade de geadas podem ser amenizadas a depender do relevo e velocidade dos vento.







Comments


wtzp.png

Receba notícias do Portal MÍDIA no WhatsApp!

Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI

bottom of page