top of page
consórcio 980x250.jpg

Governo lança a campanha “A Liberdade Mora em Minas”

Governo lança a campanha "A Liberdade Mora em Minas" e apresenta dados sobre o perfil do turista que visita o estado

A campanha “A Liberdade Mora em Minas”, desenvolvida pela Secretaria de Estado de Cultura e Turismo, foi lançada nesta sexta (25), às 18h, no Palácio da Liberdade. No encontro, também foi divulgado o resultado da pesquisa que traça o perfil dos visitantes que circulam no estado, o que não era produzido desde 2017, sendo, portanto, o estudo mais completo de demanda turística disponível hoje.

O novo slogan representa o posicionamento do destino turístico Minas Gerais para o ano de 2023 e tem o objetivo de fomentar o turismo regional, nacional e internacional para Minas Gerais, situando o estado como a primeira escolha de destino dos turistas.

O secretário de Estado de Cultura e Turismo, Leônidas Oliveira, apresentou a nova identidade visual da campanha, que é baseada no conceito da inclusão, celebra a pluralidade e convida todas as pessoas para vivenciarem a liberdade em Minas. “Há uma diversidade de personagens na logomarca justamente para homenagear a própria diversidade da existência humana. Minas quer se colocar nesse lugar humanista, onde podemos construir uma cultura da paz como em nenhum outro momento da nossa história. Trabalhar pela cultura da paz significa ter um respeito profundo a todas as pessoas e a todas as formas de pensamento porque sem isso nós não viveremos nem estaremos numa democracia”, pontuou.

“A Liberdade Mora em Minas. Vem pra minas. Vem pra cá. Esse convite, fundado na nossa história, em nossa vida, no modo de ser da nossa mineiridade, que acolhe e ama a todos, é o lugar onde iremos nos posicionar”, completou o secretário.

O vídeo da campanha disponível para ser exibido em todos os eventos e redes sociais conta com versões em três línguas, inglês, francês e espanhol, a fim de ampliar o alcance da proposta. A campanha reflete a vocação de Minas Gerais, onde nasceu o primeiro grito de liberdade brasileiro, no contexto dos movimentos da Inconfidência. A liberdade é também um sentimento expresso na bandeira de inspiração iluminista.

A iniciativa demonstra que em Minas Gerais a tradição, o moderno e o contemporâneo convivem com o popular e o erudito. O estado é berço de 60% de todo o patrimônio histórico brasileiro, detém a maior produção de café e cachaça, além de despontar nacionalmente e no exterior como um dos melhores produtores de queijo do mundo. Belo Horizonte foi eleita Cidade Criativa da Gastronomia pela Unesco, e

além disso, o estado é reconhecido pela sua hospitalidade, acolhendo a todos sem qualquer tipo de distinção. Aqui cada pessoa pode ser protagonista e ter a liberdade para escolher seu próprio caminho.

Em Minas Gerais, a diversidade e a pluralidade se manifestam de variadas formas, como na arte, na cozinha, na religião, na natureza, o que revela o seu imenso potencial turístico, mais uma vez celebrado com a nova campanha.

Perfil do turista que visita Minas Gerais

A pesquisa de demanda turística revela que as mulheres se destacam entre os visitantes, representando 54% dos turistas em Minas Gerais. E, atualmente, a maior parcela do público que vem para Minas Gerais é brasileira: 98,8%. Desse total, 50% são de Minas Gerais, 23% são de São Paulo e 9% do Rio de Janeiro.

Esse levantamento foi realizado em 2022 e se baseou em informações aferidas com turistas, como as principais motivações, nível socioeconômico, expectativas em relação aos produtos e serviços consumidos durante a estadia, e espelho de gastos financeiros nos períodos de estadia em Minas Gerais.

O subsecretário de Estado de Turismo, Sérgio de Paula e Silva Júnior, ressaltou que os dados da pesquisa são uma ferramenta importantíssima não apenas para o governo, mas também para a iniciativa privada e todo o trade turístico. “Há cinco anos não tínhamos um trabalho desse tipo, o que demonstra o esforço da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo e do nosso secretário Leônidas Oliveira para o desenvolvimento do nosso potencial turístico. Esses dados vão ser acessados pela imprensa, que poderá contribuir na divulgação do estudo, e por todos os integrantes do trade turístico, que poderão planejar as suas ações a partir da pesquisa”, comentou.

Diante dos dados apresentados, o subsecretário ressaltou como eles refletem uma melhoria na qualidade do turismo em Minas Gerais. “Houve um aumento no gasto médio das pessoas, o que significa que elas passaram a ficar mais tempo no nosso estado. Isso é algo a ser comemorado porque o turismo é geração de emprego e renda. Essa é a nossa prioridade, e por isso estamos disponibilizando esses dados para que todos possam conhecer mais e utilizá-los”, completou.

Comments


wtzp.png

Receba notícias do Portal MÍDIA no WhatsApp!

Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI

bottom of page