DR. CARLOS CÉSAR CAMILO E O PIONEIRISMO DO LABORATÓRIO BIOMED

Atualizado: Mar 30

Desde a infância o farmacêutico bioquímico Carlos César Camilo já imaginava o caminho profissional que iria trilhar. “Sempre fui muito curioso em tudo que se referia a ciências. Lembro-me que pedi de presente de presente ao meu pai um microscópio de brinquedo com reagentes para eu fazer minhas experiências”, recorda o farmacêutico que nesse ano completa 30 anos de atividades em Guaxupé.

Ele se formou pela Universidade Federal de Alfenas, a UNIFAL. ”O curso de farmácia é muito difícil.As dificuldades que eu encontrava em cada disciplina era um desafio para mim. Mas venci todos os obstáculos e hoje esse conhecimento é minha maior riqueza”, comenta.

Após a conclusão do curso, César recebeu um convite do Dr. Mauricio Zerbini, então provedor da Santa Casa, para assumir o laboratório da entidade. “Mas antes de assumir, o médico Heber Quintella me sugeriu a fazer algumas especializações na UNIFESP e UNICAMP. Ao mesmo tempo que me especializava, ia montando o laboratório da Santa Casa. Foi nesse período que adquiri o know-how para avançar na minha profissão”, recorda o bioquímico que também é Mestre em Ciências Aplicadas à Medicina Hematologia Pediátrica.

Assim, César dava início, na Santa Casa de Misericórdia de Guaxupé, a estruturação do laboratório de análises clínicas anexo ao hospital. Além de uma demanda antiga, era de extrema necessidade essa prestação de serviços na própria Santa Casa. Quando o laboratório começou a operar, proporcionou maior conforto e agilidade no tratamento dos pacientes. Anteriormente, os exames de pacientes internados no Hospital eram realizados por laboratórios externos, inclusive, alguns localizados em outras cidades, o que demandava tempo. Após várias reuniões com o corpo clínico, chegou-se ao modelo do laboratório necessário para atender a Santa Casa. “Quebramos paradigmas e transformamos os procedimentos de análises laboratoriais em reaceita para o hospital. No início, era um espaço acanhado, mas que, dentro das possibilidades, atendia a demanda. Por ser uma Irmandade e com muitas responsabilidades financeiras, o laboratório não recebia muitos investimentos tecnológicos necessários, o que por outro lado, jamais comprometeu a confiabilidade dos exames”.

O bioquímico explica que ao longo dos anos a tecnologia evoluiu muito, sobretudo em termos de equipamentos que realizam uma gama de exames com maior agilidade, com menores custos e com alta qualidade. “Dentro das possibilidades, a Irmandade foi investindo no laboratório através de reformas de ampliação e melhorias nos equipamentos até chegar nessa excelente estrutura que temos hoje, mantendo a mesma missão e os mesmos valores”, analisa.

O Laboratório Biomed não pertence mais à Santa Casa e está sob responsabilidade de Carlos César e do biólogo Tiago Donizetti Silva. “Foi um passo macro rumo a um novo momento para o laboratório Biomed. Temos a responsabilidade de torná-lo cada vez mais eficiente tanto em termos de estrutura quanto de tecnologia. Por estar anexo ao hospital e prestar serviços ao Sistema Único de Saúde, passamos anualmente por auditorias rígidas por órgãos ligados ao Ministério da Saúde e sempre logramos êxito. E assim continuará sendo”, garante César.

Além dos pacientes da Santa Casa de Misericórdia de Guaxupé, o Laboratório agora chamado Biomed – Laboratório de Análises Clínicas, atenderá toda a cidade e pacientes da região, inclusive planos médicos como a Unimed. “Temos uma parceria importante com a Universidade Federal de São Paulo e trouxemos novas técnicas de exames importantes para Guaxupé, além de novos equipamentos que estão sendo incorporados a nossa estrutura”, diz Carlos César. Outro momento relevante na carreira do bioquímico foi a validação da água para que o Centro de Hemodiálise de Guaxupé pudesse começar a operar. “Na época precisava-se comprovar a qualidade de água para o seu credenciamento. Foi, então, me dado esse compromisso de fazer uma análise detalhadamente técnica da água. Foi um trabalho muito bem feito e, após a conclusão, houve a homologação e os pacientes começaram ser devidamente atendidos em Guaxupé”, recorda.

Muitos investimentos estão sendo feitos para que a excelência na prestação de serviços avance ainda mais. Todos os procedimentos são auditados pelas melhores empresas de proficiência de qualidade do país e o controle de qualidade atestado pela Sociedade Brasileira de Patologia Clínica. A excelência no atendimento vai desde a sala de espera, que acolhe os pacientes, até as salas de coletas funcionais e um ambiente desenvolvido especialmente para a realização de exames infantis. Tudo isso gera ainda maior conforto aqueles que por lá passam diariamente. Há convênios com grandes empresas regionais e também empresas voltadas para Medicina e Segurança do Trabalho. Os médicos têm a comodidade de visualizar os exames de seus pacientes realizados pelo Laboratório Biomed diretamente do consultório, através do computador ou até mesmo do smartphone. Há também o atendimento 24 horas mediante agendamento. Para isso, analistas estão a disposição para atender pacientes externos que, por uma série de motivos, estão impossibilitados de realizar seus exames no horário comercial e, sobretudo, em casos de urgência. Todo o processo será realizado de maneira rápida e o resultado disponibilizado on-line ao médico imediatamente. “Trata-se de uma gama de serviços que, anteriormente, eram oferecidos somente em grandes centros. Agora, Guaxupé e região têm essa comodidade”, finaliza o bioquímico.


Receba notícias do Portal MÍDIA no WhatsApp!

Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI

©2020 por Portal Mídia Brasil ®

Av. Conde Ribeiro do Valle, 255  - 2º Andar - Sala 8

E-mail: revistamidia@revistamidia.com.br

Tel. (35) 3551-2040 - Guaxupé  MG