BANNER---REVISTA-MÍDIA---980-x-250-PX.jp

COZINHA FUNCIONAL


A cozinha é o mundo mais fascinante da casa, o mais coletivo. Um espaço que reúne sobrevivência, prazer, refinamento e civilização. 



Porém,de nada adianta ter uma linda cozinha, com equipamentos de tecnologia de ponta e decoração de alta qualidade, se ela não atende às necessidades dos usuários. Felizmente, vemos hoje uma preocupação crescente com o desenvolvimento de cozinhas funcionais, que unem beleza, conforto e praticidade numa cozinha moderna, muitas vezes compacta.

Cozinhas funcionais não são sinônimo de ambiente com layout engessado, mas o termo tem sim origem em um modelo criado para aumentar a produtividade do espaço. Nos anos 50, um estudo detectou que a cozinha tinha três células de trabalho principais – a geladeira, a pia e o

fogão – e criou o work triangle, que determina que essas três células devem formar um triângulo para criar cozinhas funcionais.

Pense no uso: cozinhas funcionais podem ser diferentes de usuário para usuário. O importante é saber como a pessoa usará o ambiente, e a partir daí pensar como serão os cômodos. Leve em conta os objetos utilizados e os hábitos culinários. O dono precisa de uma cozinha equipada com muitos aparelhos ou apenas o básico? Quais aparelhos são mais utilizados? Os usuários gostam de cozinhar ou preferem comida pronta?

Dois pesos, duas medidas: é claro que quanto mais liberdade você puder dar ao usuário para ele se movimentar, melhor, mas há um mínimo e um máximo que precisam ser respeitados. Em se tratando do triângulo, por exemplo, a distância entre uma ponta do triângulo e outra deve ser de entre 1,20m e 2,75m.

Estação de trabalho, o novo triângulo: como falamos, o work triangle cria cozinhas funcionais, mas com a adoção de outros eletrodomésticos aos hábitos gastronômicos, esse padrão passou a dividir lugar com o modelo de estações de trabalho, principalmente em cozinhas maiores. Esse modelo consiste em incluir outros equipamentos, como a máquina de lavar, entre as células de trabalho principais.



Ilhas: são aquelas estruturas colocadas no meio do ambiente e que costumam ser um coringa na criação de cozinhas funcionais, tanto na questão da falta de espaço quanto da produtividade. Ela pode servir como balcão para refeições, como bancada para a preparação dos alimentos, base para gavetas, instalação do fogão ou da pia ou até mesmo para tudo isso junto, dependendo, é claro, do tamanho da ilha. Ter tudo mais perto, ao alcance da mão, é ou não é mais funcional?


Iluminação: Pode parecer estranho, mas a iluminação tem uma grande influência para o projeto de cozinhas funcionais. Isso porque uma cozinha escura demais dificulta as tarefas realizadas, enquanto uma cozinha clara demais se torna desconfortável para permanência.




Receba notícias do Portal MÍDIA no WhatsApp!

Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI

wtzp.png
clinimplant1.jpg

©2020 por Portal Mídia Brasil ®

Av. Conde Ribeiro do Valle, 255  - 2º Andar - Sala 8

E-mail: revistamidia@revistamidia.com.br

Tel. (35) 3551-2040 - Guaxupé  MG