BANNER---REVISTA-MÍDIA---980-x-250-PX.jp

A importância da visita periódica ao oftalmologista


DR. MÁRCIO COSTA

DRA. ANDRÉA NEHEMY COSTA


Comemorado anualmente na segunda quinta-feira do mês de outubro, o Dia Mundial da Visão, celebrado este ano em 8 de outubro, traz um alerta: 80% dos casos de cegueira poderiam ser evitados se fossem detectados e tratados precocemente. Durante este mês de outubro, em todo o mundo, são realizadas ações de conscientização e esclarecimento com objetivo de discutir a importância dos cuidados com a saúde dos olhos e mostrar à população os benefícios das medidas preventivas. Mas esse ano, devido ao coronavírus, as ações serão realizadas virtualmente.


A Sociedade Brasileira de Oftalmologia (SBO) alerta para os números da cegueira global: a cada 5 segundos uma pessoa fica cega. No Brasil, há mais de 1,5 milhões de pessoas cegas, o que equivale a 0,75% da população, segundo levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em relação às crianças, a média é de uma criança cega a cada minuto. E a falta de prevenção adequada pode levar o mundo a ter 76 milhões de pessoas cegas em 2020. Os números são da Organização Mundial de Saúde (OMS).


Por isso a importância dos exames preventivos, como o primeiro exame oftalmológico realizado no ser humano, feito nos primeiros dias de vida, que é o Teste do Olhinho (ou do Reflexo Vermelho). Através dele pode-se detectar a catarata congênita, o glaucoma congênito, o retinoblastoma (tumor maligno infantil que pode cegar), além de prevenir pelo menos 60% das causas de cegueira ou perdas visuais infantis.


Em relação às causas de cegueira e perda visual, acrescenta a presidente da Sociedade, temos a catarata como principalcausa de cegueira (51%). Ela atinge aproximadamente 5% da população global com idade entre 60 e 65 anos; 12%, na faixa de 65 a 70 anos, e 40% acima de 70 anos.


Os erros refrativos não corrigidos (miopia, hipermetropia, astigmatismo) são a principal causa de baixa visão, afetando cerca de 200-250 milhões de pessoas. Os principais grupos alvo são crianças em idade escolar com miopia e pessoas com mais de 40 anos de idade sofrendo de presbiopia.


GLAUCOMA - Estima-se que 12,3% dos cegos em proporção global têm glaucoma. No Brasil, esta proporção está na faixa de 15%.A Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI) está aumentando como causa de cegueira por causa do envelhecimento populacional. No Brasil, estima-se que ela seja responsável por 4% dos casos. É a maior causa de cegueira irreversível em indivíduos com mais de 50 anos nos países desenvolvidos. A retinopatia diabética, uma complicação do diabetes, é responsável por 4,8% dos casos de cegueira no mundo.


Por isso, a importância da visita anual ao oftalmologista, "apenas ele, por lei, pode examinar um paciente e prescrever óculos ou lentes de contato, que é um ato médico". O exame oftalmológico feito por um médico oftalmologista é decisivo para alterar as condições de saúde ocular da população. Portadores de doenças crônicas, como hipertensão e diabetes, também devem consultar especialistas regularmente, já que, se não tratadas, essas doenças também podem afetar a visão.


Exame precoce ajuda prevenir problemas de refração


A SBO preconiza um exame oftalmológico realizado na infância, um exame na idade adulta, entre 30 e 40 anos. E a partir dos 40 anos, a recomendação é um exame anual. Após os 40 anos, o risco de desenvolver glaucoma aumenta, e se não tratado, pode levar a cegueira irreversível. A partir dos 50 anos, o risco é de ter catarata (opacificação do cristalino). Nesse caso, apesar de poder levar à cegueira, a situação pode ser reversível com cirurgia. Pessoas com familiares portadoras de alguma doença ocular devem fazer exames mais frequentemente desde a infância.

Além de visitar regularmente um oftalmologista, é recomendável:


- Proteger os olhos dos raios UV

- Evitar coçar ou esfregar a região dos olhos, pois esse hábito pode provocar lesões na córnea

- Não utilizar colírio sem indicação médica

- Sempre limpar a região dos olhos

- Usar protetor ocular em situações de risco

- Não compartilhar produtos de maquiagem

- Aos sintomas como coceira, vermelhidão, sensibilidade à luz e sensação de areia, procurar um oftalmologista;

- Fazer a higienização adequada das suas lentes de contato. Não use água ou soro fisiológico, pois eles podem estar contaminados e acabar provocando infecções oculares graves.

(SBO)




Receba notícias do Portal MÍDIA no WhatsApp!

Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI

wtzp.png
clinimplant1.jpg

©2020 por Portal Mídia Brasil ®

Av. Conde Ribeiro do Valle, 255  - 2º Andar - Sala 8

E-mail: revistamidia@revistamidia.com.br

Tel. (35) 3551-2040 - Guaxupé  MG