BANNER---REVISTA-MÍDIA---980-x-250-PX.jp

Com UTI lotada, Executivo e Igreja pedem obediência da população ao Decreto de Quarentena

Vice-prefeito diz que Guaxupé tem condições financeiras para estar arcando com essa crise, mas o problema é a rapidez da disseminação do vírus


O vice-prefeito de Guaxupé, Rodrigo Borges, e o Padre Reginaldo Silva, durante live

Em live transmitida da Catedral Nossa Senhora das Dores na manhã deste sábado, 9 de janeiro, o vice-prefeito de Guaxupé, Rodrigo Luiz Borges, acompanhado do Padre Reginaldo Silva, reiteraram a importância da população em obedecer as diretrizes do Decreto de Quarentena, publicado no último dia 7 de janeiro.


Conforme o representante do Executivo, neste sábado (9/1), todos os 14 leitos de Unidade de Terapia Intensiva da Santa Casa de Guaxupé exclusivos para COVID-19 estão ocupados.


"Caso seja necessária mais uma internação em UTI teremos que fazer a transferência (do paciente) para outra cidade. Estamos com números recordes de atendimentos hoje tanto no Pronto Socorro Municipal quanto no posto de Saúde Sentinela˜, disse o vice-prefeito.


Sobre o Decreto de Quarentena, Borges enfatizou que os comerciantes têm todo o direito de se manifestarem e de buscarem seus direitos, "mas nesse momento é necessário que a Prefeitura trabalhe de forma ativa para conter a disseminação do vírus e não ter mais internações em UTI".

O vice-prefeito pediu para que toda a população respeite o Decreto em vigor. "Não estamos pedindo coisas absurdas. São 10 dias em que nós precisamos conter a disseminação do vírus para que a gente consiga resolver todos os problemas de saúde pública. Guaxupé tem condições financeiras para estar arcando com essa crise, mas o problema é a rapidez da disseminação do vírus", disse Borges.


Já o Padre Reginaldo Silva, pároco da Catedral de Guaxupé, disse que o momento é de união e que a cidade tem um inimigo em comum: o vírus COVID-19.


"Estamos lutando por um bem maior que é a vida das pessoas. Nesse quesito, a Igreja sempre pautou pelo bem comum e pela vida. Vamos colaborar e vamos seguir aquilo que nos é proposto. Nosso povo está sofrendo, precisa de uma ação rápida e que precisa ser feita. Vamos dar as mãos, seja do comércio, da religião e do poder público", disse o Pároco.


Borges pediu, ao final, que a observância do Decreto de Quarentena seja pacífica e com resiliência. "A Prefeitura não medirá esforços para que a a gente consiga todos insumos e todos leitos necessários para que nossos pacientes sejam atendidos e, principalmente, que consigamos fazer logo a vacinação em Guaxupé", finalizou.


CLIQUE AQUI e assista a live na íntegra.

CLIQUE AQUI e leia a íntegra do Decreto de Quarentena.

0 comentário

Receba notícias do Portal MÍDIA no WhatsApp!

Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI

wtzp.png
clinimplant1.jpg

©2020 por Portal Mídia Brasil ®

Av. Conde Ribeiro do Valle, 255  - 2º Andar - Sala 8

E-mail: revistamidia@revistamidia.com.br

Tel. (35) 3551-2040 - Guaxupé  MG